Estudo recebe prêmio da Sociedade Brasileira de Pesquisas Odontológicas

Estudo recebe prêmio da Sociedade Brasileira de Pesquisas Odontológicas

As pesquisas para descobrir os benefícios do mel na saúde das pessoas não param. Um estudo recente, intitulado “Consumo de mel orgânico brasileiro reduz influxo de neutrófilos em peritônio e reabsorção óssea na doença periodontal em camundongos”, recebeu uma menção honrosa da Sociedade Brasileira de Pesquisas Odontológicas. 

O resumo do trabalho, disponível aqui, envolveu pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Departamento de Biociências de Piracicaba, Universidade de Guarulhos e da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. 

Até então, já era sabido que o mel como um alimento funcional possuía atividades anti-inflamatórias, de estimulação do crescimento tecidual e de debridamento de feridas. Entretanto, ainda não tinha sido analisado o potencial do mel orgânico brasileiro na redução de mediadores inflamatórios relacionados à perda óssea na doença periodontal.

Depois de uma série de testes, concluiu-se que o mel orgânico avaliado é um alimento funcional apresentando atividade anti-inflamatória em processo agudo e diminuindo a reabsorção óssea alveolar em doença periodontal em modelo animal. Mais uma prova dos inúmeros benefícios do mel orgânico, esse alimento milenar que tem muito a contribuir para a saúde e bem-estar das pessoas. 

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *